Novas alíquotas de DIFAL para consumidor final em 2018

Novas alíquotas de DIFAL para consumidor final em 2018

De acordo com a EC 87, publicada em 16 de abril de 2015 (http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/constituicao/emendas/emc/emc87.htm) e anunciada aqui na Flux na matéria: Qual será o impacto da PEC 197/12, que altera as regras de ICMS para vendas online?; as alíquotas de DIFAL para consumidor final em operações interestaduais, devem progressivamente ser compartilhadas entre a UF de Origem e a UF de destino. Veja abaixo a tabela: Alíquotas DIFAL para consumidor final em operações interestaduais ANO UF Origem UF Destino 2016 60% 40% 2017 40% 60% 2018 20% 80% 2019 100% Lembre-se: A partir de 1º de janeiro de 2018, seu sistema já deve realizar o cálculo com base na nova alíquota e a emissão da NFe deve também respeitar esses novos parâmetros. Se você utiliza o processo de automação do Dootax (eGNRE / Pagamento de Tributos), não se preocupe, como eles fazem a leitura do XML da NFe, assim que você corrigir em seu sistema emissor, a geração e pagamento das guias ocorrerá corretamente! Flux-IT Somos provedores da maneira mais fácil, rápida, confortável e assertiva para o atendimento compliance das obrigações fiscais e...
Estatística do Dootax

Estatística do Dootax

O Dootax divulgou essa semana seus últimos levantamentos, mostrando toda a capacidade e eficiência da ferramenta. Veja na matéria publicada todos os números.     O grande destaque da ferramenta é a automação fiscal, usado para a geração de guias com e sem código de barras e integração bancária. Dessa forma o usuário foca seus esforços no que realmente é importante para a empresa. Quer aprender e facilitar o seu dia a dia? Entre em contato conosco e descubra a mais sobre o Dootax. Flux-IT Somos provedores da maneira mais fácil, rápida, confortável e assertiva para o atendimento compliance das obrigações fiscais e...
Workflow para aprovação dos pagamentos de tributos

Workflow para aprovação dos pagamentos de tributos

O pagamento dos tributos é a obrigação principal das empresas em relação ao compliance fiscal. Tão importante quanto a exatidão do cálculo do valor devido ao Fisco, é ter certeza de que os pagamentos foram processados dentro dos padrões de segurança e confiabilidade exigidas por auditorias internas e externas. Somente DOOTAX conta com uma solução completa para automação da emissão das guias e pagamento dos tributos, e por ser líder no mercado de soluções para recolhimento de tributos nos empenhamos em garantir agilidade sem perder a confiança no processamento dos pagamentos. Com o workflow para aprovação do Pagamento de Tributos você pode configurar diferentes níveis de autorização antes que o pagamento seja processado. A autorização dos pagamentos é simples como o clique de um botão e adiciona muito mais segurança ao processo sem criar entraves burocráticos. Entre em contato e conheça a solução que reduz em até 85% o tempo gasto com a geração e o pagamento de tributos federais, estaduais e municipais. Flux-IT Somos provedores da maneira mais fácil, rápida, confortável e assertiva para o atendimento compliance das obrigações fiscais e...
Liberada emissão da GNRE para as novas receitas da EC 87

Liberada emissão da GNRE para as novas receitas da EC 87

Os novos códigos de receita criados através do Ajuste SINIEF 11/2015 para o recolhimento da partilha do ICMS estabelecida pela Emenda Constitucional 87/15 já podem ser utilizados em algumas UF’s. Até o momento da publicação desse post, Acre, Rio Grande do Sul e Tocantins já haviam liberado a emissão da GNRE com os novos códigos de receita e conforme pudemos confirmar através do serviço de configuração das UF’s, foi criado um novo código de produto que será utilizado pelos estados que exigem o detalhamento por produto na emissão da GNRE: Código: 070 Descrição: Aquisição de mercadorias de forma não presencial (internet, telemarketing e showroom) Com a liberação dos novos códigos de receita, as empresas que ainda ajustam seus sistemas para o atendimento à Emenda Constitucional 87 já podem realizar os testes de emissão da GNRE e garantir que tudo estará funcionando até o dia 01/01/2016. Através da solução e-GNRE da Flux-IT sua empresa poderá processar, emitir e controlar o pagamento das guias para todos os estados automaticamente, sem nenhum impacto na logística das mercadorias. Clique e saiba mais! Flux-IT Somos provedores da maneira mais fácil, rápida, confortável e assertiva para o atendimento compliance das obrigações fiscais e...
Novos códigos de receita da GNRE Online para a EC 87

Novos códigos de receita da GNRE Online para a EC 87

Foi publicado no D.O.U de hoje (07/12) o Ajuste SINIEF 11/2015 que institui os novos códigos de receita da GNRE Online a serem utilizados para o recolhimento da partilha do ICMS estabelecida pela Emenda Constitucional 87/15: I – ICMS Consumidor Final não contribuinte outra UF por Operação: Código 10010-2; II – ICMS Consumidor Final não contribuinte outra UF por Apuração: Código 10011-0; III – ICMS Fundo Estadual de Combate à Pobreza por Operação: Código 10012-9; e IV – ICMS Fundo Estadual de Combate à Pobreza por Apuração: Código 10013-7. Os novos códigos de receita passarão a ser válidos no ambiente de produção a partir de 01/01/2016. Através da solução e-GNRE da Flux-IT sua empresa poderá processar, emitir e controlar o pagamento das guias para todos os estados automaticamente, sem nenhum impacto na logística das mercadorias. Clique e saiba mais! Flux-IT Somos provedores da maneira mais fácil, rápida, confortável e assertiva para o atendimento compliance das obrigações fiscais e...
Termina hoje o prazo para solicitar Inscrição Estadual para a EC 87 em SP

Termina hoje o prazo para solicitar Inscrição Estadual para a EC 87 em SP

Conforme comunicado CAT nº 19/2015 editado pela SEFAZ/SP, termina hoje o prazo para estabelecimentos localizados em outras unidades da federação que queiram recolher o ICMS devido à São Paulo conforme partilha prevista na Emenda Constitucional 87 na sistemática de apuração mensal, solicitarem inscrição no Cadastro de Contribuintes do ICMS do Estado de São Paulo. O comunicado esclarece ainda que no caso do contribuinte não solicitar inscrição, ou o fizer após 27/11, o recolhimento do ICMS devido à São Paulo deverá ser feito individualmente a cada operação ou prestação a partir de 01/01/2016 até que a sua inscrição seja deferida. Conheça a solução e-GNRE que permite a geração automática das guias para recolhimento da partilha do ICMS conforme previsto na Emenda Constitucional 87. Flux-IT Somos provedores da maneira mais fácil, rápida, confortável e assertiva para o atendimento compliance das obrigações fiscais e...