Ficha de Conteúdo de Importação

A Ficha de Conteúdo de Importação (FCI) é uma obrigação acessória instituída pelo Convênio ICMS nº 38/2013, que obriga os contribuintes industrializadores, no caso de operações com bens ou mercadorias importados que tenham sido submetidos a processo de industrialização, a prestar informação sobre o percentual de conteúdo de importação de seus produtos acabados à unidade federada de origem por meio de declaração em arquivo digital .

A alíquota de 4% (quatro por cento) estabelecida através da Resolução do Senado Federal nº13/2012, somente será aplicável em operações interestaduais com produtos importados, bem como em operações com produtos importados submetidos a processo de industrialização no país dos quais resultem mercadorias com conteúdo de importação superior a 40% (quarenta por cento), sendo a FCI ferramenta principal para o aferimento desse percentual.

Fluxo da geração do arquivo magnético FCI

A solução e-FCI desenvolvida pela Flux-IT utiliza as informações do xml das notas fiscais eletrônicas de aquisição dos insumos e de venda dos produtos acabados para gerar o arquivo magnético FCI, possibilitando a validação e importação no PVA da SEFAZ:

Conheça algumas vantagens da solução eFCI:

  • Cálculo automatizado do Conteúdo de Importação, baseado nas informações das notas fiscais de compras de insumos, lista técnica do produto acabado e notas fiscais de vendas interestaduais
  • Relatório demonstrativo do cálculo do Conteúdo de Importação
  • Relatório analítico dos “insumos utilizados x valor da parcela importada” para cada produto acabado
  • Geração simultânea do arquivo magnético para diversos estabelecimentos
  • Validação garantida do arquivo gerado
  • Upload drag-and-drop do arquivo de retorno da SEFAZ
  • Integração com os principais ERP’s e softwares fiscais do mercado, como SAP, Oracle, Mastersaf DW, Synchro e outros…

Entre em contato conosco e conheça um pouco mais sobre a e-FCI.