Blog

O Impacto Da Transformação Digital na Gestão Fiscal e Tributária.

1 set

 

A transformação digital tributária, é a digitalização crescente que não contempla apenas as empresas, se dá no âmbito governamental, e exige adaptações por parte do mundo corporativo, já que as empresas podem ter de alterar a forma que utilizam a tecnologia para fins de uma boa gestão fiscal e por conseqüência um planejamento tributário mensal.

A grande mudança na rotina dos profissionais que atuam na área fiscal pode ser facilmente observada, com o projeto do Sistema Público de Escrituração Digital (SPED), que eliminou grande parte da papelada que o departamento fiscal tinha mediante aos livros fiscais impressos. Agora, atender aos prazos do Fisco por meio dos programas validadores digitais integradas às plataformas do governo, o que aumenta sua capacidade analítica e estratégica do profissional.

Trataremos sobre esse assunto neste artigo. Continue lendo para entender a importância das inovações digitais na área tributária.

 

Entenda o Cenário Atual da Transformação Digital e Gestão Tributária

 

O sistema tributário brasileiro é um dos mais complexos e extensos do mundo. Existem dezenas de tributos e cada um deles tem suas próprias bases de cálculo, alíquotas, regras e particularidades. Além disso, as numerosas obrigações acessórias elevam os custos do setor tributário e aumentam os riscos de a empresa cometer erros em seu cumprimento, visto que existem obrigações acessórias nas esferas: Municipais, Estaduais e Federais.

O Governo modernizou sua fiscalização com a implementação do Sistema Público de Escrituração Digital (SPED), conforme a Receita, gerando um aumento de 48,67% no número de autuações. Mas os gestores também podem utilizar a transformação digital a seu favor para reduzir seus riscos.

As empresas estão despertando para o tema e para a importância da transformação digital na gestão tributária. Isso se dá, entre outros motivos, pelo governo que passou a exigir adaptações do mundo empresarial, modificando a maneira com que atua na administração fiscal, informatizando os processos e munindo os órgãos fiscalizados de tecnologias.

Além disso, um mercado cada vez mais competitivo, com mudanças constantes e negociações diárias, exigem um altíssimo nível de controle das empresas, e um poder de negociação cada vez maior. O que torna a importância e a agilidade dos processos tributários, para as tomadas de decisões.

As inovações estão sendo bem vistas pelos profissionais do departamento fiscal, uma vez que, no passado, os profissionais precisavam trabalhar com um grande volume de papéis e, em sua maioria, manualmente, acarretando em erros e entrega de informações ao fisco fora do prazo. Atualmente, com a entrada da tecnologia na área tributária, conseguem atender os prazos do Fisco pelas plataformas digitais do governo, tendo, assim, mais capacidade analítica e estratégica das informações do negócio.

Com tais informações o profissional e o gestor, conseguem medir os erros e acertos, desenvolvimento uma efetivação do planejamento tributário, bem como o melhorar o relacionamento do contador e cliente.

 

Principais Benefícios da Transformação Digital Tributária Para as Empresas

 

  • Redução de Custos

A transformação digital é um investimento com retornos financeiros de médio e longo prazo. Ela otimiza e aumenta a eficiência de todo o setor, reduz ocorrência de erros, diminui a necessidade de contratar novos profissionais e evita investimentos incorretos.

  • Aumento na Produtividade

Graças à automação de diversos processos, os colaboradores não precisam despender tanto tempo em tarefas repetitivas e burocráticas, fazendo com que se dediquem aos pontos mais estratégicos do negócio. Além disso, as tecnologias ajudam a reduzir o estresse dos colaboradores, uma vez que melhoram a qualidade do trabalho.

  • Redução de Erros

É plenamente comum que humanos cometam erros em seus trabalhos, principalmente em atividades burocráticas, complicadas e, principalmente, cansativas. A transformação digital soluciona essa questão, já que os computadores conseguem realizar um grande volume de atividades sem cometer falhas, minimizando os riscos da empresa.

  • Maior Eficiência na Tomada de Decisões

A tomada de decisões é um processo que exige grande dispêndio de tempo, pois é preciso coletar dados reais e concretos, gerar relatórios transparentes e de fácil leitura, desenvolver estratégias, aplicá-las e acompanhar seus resultados.

Uma maior eficiência é obtida ao utilizar plataformas inteligentes que coletam automaticamente informações da empresa, geram diferentes relatórios instantaneamente e aplicam indicadores de desempenho (KPIs) para medir os resultados.

 

Quais são as principais ferramentas e tecnologias?

Você já imaginou, que pode se beneficiar de sistemas para gerenciar sua área fiscal e tributária? Existem softwares capazes de realizar até mesmo o pagamento automático de tributos. Entenda as principais tecnologias:

 

  • Inteligência artificial (IA)

A Inteligência artificial é a inteligência similar à humana exibida por mecanismos ou software. Com esse tipo de tecnologia é possível automatizar diversos processos de análise e operações tributárias e os cruzamentos entre os lançamentos e as obrigações acessórias.

  • Business Intelligence (BI)

Inteligência de negócios (BI) se refere a tecnologias de software, aplicativos e práticas para a coleta, integração, análise e apresentação de informações de negócios. Deixando de ser agradáveis, as soluções de BI são essenciais para que todas as organizações otimizem o desempenho, aumentem os lucros ou simplifiquem as funções de negócios.

Uma plataforma BI integra o sistema da empresa com a gestão fiscal e tributária para disponibilizar estatísticas e relatórios gerenciais rapidamente. As informações auxiliam o gestor a tomar as melhores decisões.

A automação de processos robóticos é uma forma de tecnologia de automação de processos de negócios baseada em robôs de software metafóricos ou em inteligência digital. Essa é uma das tecnologias mais impactantes para a otimização da área tributária, já que os computadores realizam cálculos automaticamente, geram arquivos, declarações e guias sobre obrigações tributárias, gerando ainda mais produtividade ao departamento fiscal como um todo.

 

Como se preparar e adaptar a empresa às mudanças?

 

A adaptação da empresa às mudanças é importante pelo fato de que, como a área tributária é uma operação complexa, os negócios que utilizarem as tecnologias conseguirão vantagens competitivas substanciais.

Para aderir à transformação digital, é preciso escolher o software cujas funcionalidades sejam capazes de maximizar a produtividade do negócio e reduzir ao máximo suas burocracias na área tributária.

A transformação digital tributária criará um forte diferencial competitivo ao seu negócio, mas para isso é fundamental escolher um software de gestão capaz de atender as necessidades da rotina do setor.

Contar com uma consultoria capaz de entender as necessidades reais do negócio, torna-se extremamente importante. Por exemplo a Flux-it fornece softwares com tecnologia de ponta que automatizam todo o processo da emissão ao pagamento das guias de tributos em até 15 minutos, com garantia de compliance.

 

 

Sobre a Autora:
Graziella Santos @
graziella.sr

Autora certificada, é especialista na área fiscal/tributária, pós graduada em Gestão tributária e Direito Tributário. Empresária e sócia da SerfisCont Consultoria Empresarial, com 12 anos de experiência em rotinas fiscais e gestão tributária. Reconhecida por ser fundadora do movimento “Fiscal na Real”, criado para compartilhar e conectar com pessoas da área fiscal e áreas correlacionadas. Desafia aos membros e alunos do projeto todos os dias, para que cada  um possa ser o profissional que faz a diferença.

 

Últimos posts