RPA Fiscal – Pagamento de Tributos

RPA Fiscal – Pagamento de Tributos

Você sabe o que é RPA Fiscal – Pagamento de Tributos? Todos sabemos o quão complexo é a rotina do departamento fiscal. Em empresas de médio e grande porte há sempre um departamento inteiro focado diariamente em atividades para garantir o cumprimento das obrigações fiscais. Entrando mais no detalhe de cada atividade exercida pela equipe, podemos destacar: Emissão e recebimento de documentos fiscais; Fechamento e apuração de impostos; Emissão das respectivas guias e pagamento dos tributos; Fechamento dos livros fiscais (SPED); Mas, por que é tão complicado assim esse departamento? Podemos destacar que o Brasil é considerado o pais mais burocrático para se ter um negócio, segundo a pesquisa divulgada pelo World Bank em 2017. São gastos em média 2038 horas só para poder pagar os impostos. Isso implica diretamente nas tarefas executadas pelo departamento fiscal. Além disso no Brasil, segundo o IBPT, são editadas cerca de 800 normas por dia, dentre todas as normas editadas 363.779 referem-se à matérias tributárias, o que representa mais de 1,88 normas tributárias por hora em um único dia útil. Mas por que estou falando tudo isso? Simples vamos apresentar o RPA Fiscal – Pagamento de tributos, que foi desenvolvido pelo Dootax. O que é RPA Fiscal? Em simples palavras RPA significa Robotic Process Automation, que em tradução simples é a automação de processos através da robotização. RPA Fiscal é focar essa robotização para solucionar problemas do dia a dia do departamento fiscal. Maiores detalhes sobre RPA Fiscal podem ser conferidos no próprio site da Dootax. _ Quer dizer então que um robô fará o trabalho de todo um departamento?  Não! A robotização, em via...
GNRE-SP – Guia de recolhimento para ICMS-ST, DIFAL e FECP

GNRE-SP – Guia de recolhimento para ICMS-ST, DIFAL e FECP

Diariamente recebemos dezenas de perguntas sobre a emissão de GNRE-SP. Como todos sabemos o estado de São Paulo não faz parte do Portal Nacional de GNRE Online (http://www.gnre.pe.gov.br/), e para realizar a emissão precisamos especificamente acessar o website da SEFAZ e realizar o passo a passo manualmente. Nesse artigo, vamos aprender todos os detalhes e particularidades sobre a GNRE-SP e saber a melhor maneira como lidar com essa obrigação e o recolhimento de GNRE, DIFAL (Partilha de ICMS EC 87/2015) e FECP para SP. Como é realizada a Emissão de GNRE São Paulo? São Paulo, disponibiliza duas maneiras para emissão de sua guia GNRE, ou através do acesso online e digitação de todos os dados manualmente pelo site: https://www.fazenda.sp.gov.br/guiasinternet/Gare/Paginas/Gare.aspx ou através do download do aplicativo https://portal.fazenda.sp.gov.br/servicos/gnre/Paginas/Downloads.aspx Aplicativo para emissão GNRE-SP Esse aplicativo tem a finalidade de facilitar a vida do contribuinte, pois permite a emissão em lote de GNRE, infelizmente ele tem alguns problemas e limitações, que acabam não facilitando tanto a vida de quem tem que recolher os impostos. Problemas com o aplicativo de emissão GNRE-SP disponibilizado pela SEFAZ-SP Abaixo listamos alguns problemas que encontramos durante nossos testes para emissão em lote pelo aplicativo disponibilizado pela SEFAZ-SP. Só funciona em Windows; Para o correto funcionamento devemos sempre executar o aplicativo como administrador do sistema, caso contrário é exibido um erro de inicialização; O cálculo de multa e Juros, ainda tem que ser feito manualmente; Só recolhe as receitas abaixo: 10001-3 ICMS Comunicação 10002-1 ICMS Energia Elétrica 10003-0 ICMS Transporte 10004-8 ICMS Substituição Tributária por Apuração 10006-4 ICMS Autuação Fiscal 10009-9 ICMS Substituição Tributária por Operação 50001-1 Multa p/ Infração à...
GNRE para transportadora e partilha do ICMS

GNRE para transportadora e partilha do ICMS

Na nova atualização do Dootax, foi disponibilizado a automação de GNRE para Transportadora através do CTe (Conhecimento de Transporte Eletrônico). Como funciona a geração de GNRE para transportadora Através do CTe, o sistema identifica o valor do imposto a ser recolhido e se há ou não necessidade de emissão de GNRE; Estabelece a comunicação via Webservice com a UF, para geração da guia; Calcula automaticamente o crédito presumido (outorgado) de ICMS; Com a guia gerada, faz integração bancária ou com o ERP, para pagamento da guia; Nesse passo, o sistema, evita pagamentos em duplicidade e até mesmo a falta de pagamento das guias; Esse é o único sistema que contempla 100% do território nacional, emitindo GNRE também para São Paulo(SP), Rio de Janeiro(RJ) e Espírito Santo(ES). Partilha de ICMS para Transporte Se o emissor do CTe (Transportadora) está prestando um serviço de transporte para um consumidor final, desde 2016 com a EC-87, ela é obrigada a recolher o DIFAL para a UF de destino através da GNRE. A GNRE para transportadora, nesse deve ser recolhida de acordo com a partilha definida entre a UF de Origem e UF de destino, como podemos ver em: Alíquotas de Difal para Consumidor Final. Dúvidas sobre EC-87/2015 e Transportadoras Quando uma prestação de serviço de transporte é considerada interestadual? Quando o início do transporte inicia-se em uma UF e termina em outra. O Estado onde ocorrer o início da prestação é a UF de origem e o Estado onde ocorrer o final da prestação é a UF de destino. vide: (Convênio ICMS 93/2015, cláusula segunda, § 2º e RICMS, artigo 52, II e III)....
Geração e pagamento de DAE-BA

Geração e pagamento de DAE-BA

Em sua última atualização que ocorreu em 18.01.2018, o Dootax incluiu também o processo de automação das guias DAE para a Bahia. Através da DAE-BA é possível realizar os pagamentos de todos os itens abaixo: ICMS – ANTECIPAÇÃO TRIBUTÁRIA / DAE-BA 2175 – ICMS – ANTECIPACAO PARCIAL 2280 – ICMS ANT ALCOOL HIDRATADO 2183 – ICMS ANTECIPACAO DE DESCREDENCIADOS 1145 – ICMS ANTECIPAÇÃO TRIBUTÁRIA ICMS – CONTRIBUINTE INSCRITO / DAE-BA 2612 – CONTRIBUICOES AO FCBA 2036 – ICMS ADIC FUNDO POBREZA – CONTRB INSCRIT 2037 – ICMS Adic Fundo Pobreza DESENVOLVE e Dec. 6.734/97 2141 – ICMS ANTECIPAÇÃO TRIBUTARIA ADIC.FUNDO POBREZA 0791 – ICMS COMPLEM.ALIQ-USO/CONSUMO ATIVO FIXO 1006 – ICMS CONTRIBUINTE SUBSTITUTO DO ESTADO 0903 – ICMS IMPORTACAO – CONTRIBUINTE INSCRITO 1307 – ICMS PROD RURAL INSCRITO – PESSOA FISICA 2167 – ICMS PROGRAMA DESENVOLVE 1959 – ICMS REGIME DE DIFERIMENTO 1161 – ICMS REGIME NORMAL – AGROPECUARIA 0783 – ICMS REGIME NORMAL – COMBUSTIVEIS 0759 – ICMS REGIME NORMAL – COMERCIO 0767 – ICMS REGIME NORMAL – COMUNICACOES 0741 – ICMS REGIME NORMAL – ENERGIA ELETRICA 0806 – ICMS REGIME NORMAL – INDUSTRIA 0775 – ICMS REGIME NORMAL – TRANSPORTES 2133 – ICMS SUBSTITUICAO TRIBUTARIA-ADIC FUNDO POBREZA 1632 – ICMS SUBSTITUICAO TRIBUTARIA-TRANSPORTES ICMS – CONTRIBUINTE NÃO INSCRITO / DAE-BA 2094 – CONTRIBUICOES AO FIES 2044 – ICMS ADIC FUNDO POBREZA – CONT NAO INSCR 1399 – ICMS ALGODAO – CONTRIBUINTE NAO INSCRITO 1470 – ICMS ALHO – CONTRIBUINTE NAO INSCRITO 1420 – ICMS ARROZ EM CASCA-CONTRIB NAO INSCRITO 1569 – ICMS ASININOS,EQUIDEOS,MUARES -NAO INSCR 1593 – ICMS ATIV NAO ESPECIF-CONTR NAO INSCRITO 1365 – ICMS BORRACHA-CONTRIBUINTE NAO INSCRITO...
Novas alíquotas de DIFAL para consumidor final em 2018

Novas alíquotas de DIFAL para consumidor final em 2018

De acordo com a EC 87, publicada em 16 de abril de 2015 (http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/constituicao/emendas/emc/emc87.htm) e anunciada aqui na Flux na matéria: Qual será o impacto da PEC 197/12, que altera as regras de ICMS para vendas online?; as alíquotas de DIFAL para consumidor final em operações interestaduais, devem progressivamente ser compartilhadas entre a UF de Origem e a UF de destino. Veja abaixo a tabela: Alíquotas DIFAL para consumidor final em operações interestaduais ANO UF Origem UF Destino 2016 60% 40% 2017 40% 60% 2018 20% 80% 2019 100% Lembre-se: A partir de 1º de janeiro de 2018, seu sistema já deve realizar o cálculo com base na nova alíquota e a emissão da NFe deve também respeitar esses novos parâmetros. Se você utiliza o processo de automação do Dootax (eGNRE / Pagamento de Tributos), não se preocupe, como eles fazem a leitura do XML da NFe, assim que você corrigir em seu sistema emissor, a geração e pagamento das guias ocorrerá corretamente! Flux-ITSomos provedores da maneira mais fácil, rápida, confortável e assertiva para o atendimento compliance das obrigações fiscais e...
Estatística do Dootax

Estatística do Dootax

O Dootax divulgou essa semana seus últimos levantamentos, mostrando toda a capacidade e eficiência da ferramenta. Veja na matéria publicada todos os números.     O grande destaque da ferramenta é a automação fiscal, usado para a geração de guias com e sem código de barras e integração bancária. Dessa forma o usuário foca seus esforços no que realmente é importante para a empresa. Quer aprender e facilitar o seu dia a dia? Entre em contato conosco e descubra a mais sobre o Dootax. Flux-ITSomos provedores da maneira mais fácil, rápida, confortável e assertiva para o atendimento compliance das obrigações fiscais e...